Sexo na Gravidez. É Possível? (Até no Nono Mês)

Sexo na Gravidez. É possível?

Nos termos mecânicos não existe contraindicação, e o casal pode permanecer com as relações sexuais sem temor pela gravidez inteira.

Mesmo a considerar a penetração, o pênis não tem como prejudicar o bebê.

Sexo na Gravidez. Sim! É possível.

Mas, quando a mulher possui alguma espécie de sangramento no começo da gestação.

Há possibilidade de que o médico peça para suspender a penetração, até décima quarta semana.

Mais complicações médicas, como por exemplo insuficiência do colo uterino ou placenta prévia.

Ainda podem induzir o obstetra a fazer recomendação de abstinência.

Existem restrições para sexo, na situação de um dos dois se caracterizar portador de herpes?

Em casos como este é importante utilizar preservativos na relação sexual.

Para prevenção contra enfermidades que podem prejudicar o bebê, sendo exemplo sífilis e zika.

Em meses iniciais, é natural que a fadiga, dor nos seios, náusea, estresse, preocupação da maneira geral façam impedimento da mulher sentir a mesma vontade de anteriormente.

Para várias mulheres, isto tudo tem mudança com o decorrer da gravidez.

É importante ter atenção, pois as gestantes não devem ingerir estimulantes sexuais.

Na situação dos homens, é natural que possuam receio de machucar a mulher ou o bebê no ato sexual.

A forma ideal para solucionar tal problema é o mesmo dialogar de modo aberto com o médico e sanar as dúvidas.

Há homens que enfrentam ainda alguma dificuldade para ajustar-se ao corpo diferente da grávida.

Com o desenvolvimento da barriga, pode ser que a mulher se incomode com o peso do homem. Quando adepta da posição de tradição, papai e mamãe.

A dica é buscar experimentar posições sexuais que ofertem maior prazer.

No final da gestação, o casal deve usar sempre sua criatividade para que o sexo não permaneça tão desconfortável.

Sexo na Gravidez... é sim possível, mas exige cuidados.

Sexo Oral, Pode?

Está liberado!

A Mulher Grávida pode fazer e receber sexo oral, mas fique atenta às ressalvas.

Se o seu parceiro tiver herpes oral procure evitar o ato, pois mesmo que não os sintomas não estejam perceptíveis no momento pode correr o risco de contaminar o bebê.

Por precaução tome cuidado para que seu parceiro não assopre dentro de sua vagina, são fatos raros, mas esse ato pode causar embolia levando você e seu bebê à morte.

Sobre o Sexo Anal…

Especificamente não existe proibição, mas existem alertas importantes que devem ser levados em consideração ao se pensar em sexo anal na gravidez.

  • Durante a gravidez existe um aumento do volume de sangue na pélvis que pode incentivar o surgimento de hemorróidas, ainda mais quando sua gravidez estiver chegando ao fim;
  • Outro motivo importante a se destacar é a transmissão de micro-organismos no ânus para a vagina;

No período de gravidez a mulher estará muito mais sensível e propensa à infecções o que faz com que o ato seja mais arriscado.

Último Mês

O obstetra poderá pedir que os dois evitem sexo pelo último trimestre, caso a mulher corra o risco de apresentar um trabalho de parto prematuro.

Isto, pois o sexo libera oxitocina em corrente sanguínea, hormônio que auxilia o colo do útero à preparação ao trabalho de parto, e ainda pode gerar contrações.

Determinadas pessoas deixam de permanecer com relações sexuais na gestação inteira.

Mesmo que esta ação seja perfeitamente normal, se ocorrer com a mulher e o parceiro devem dialogar muito para que o assunto não se transforme em um fantasma entre os dois.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *