Você Se Masturba? Por que Não?

Mulher deitada na cama

Masturbação Feminina

A mulher no intuito de ser uma parceira sexual feliz necessita estar confortável em relação ao próprio corpo e conhecer o mesmo. Determinadas partes corporais, através do toque, fazem produção de explosão de sensações.

Trata-se de zonas erógenas, as áreas que são sensíveis com carícias, e estas que podem gerar desejo sexual.

Da maneira geral, a pele inteiramente apresenta receptores táteis que têm reação, gerando sensações de prazer com o estímulo.

Porém, surge a questão sobre como encontrar as regiões sensíveis corporais, que têm resposta com o toque e estímulo com prazer.

O caminho mais fácil se caracteriza exploração do próprio corpo, através da masturbação, como exemplo. A ideia é conhecer o próprio corpo e não ter vergonha do mesmo.

Dicas para Masturbação Feminina

O passo inicial se resume, vagarosamente, a entender como se tocar. Iniciar com o relaxamento, os músculos corporais são soltos.

Escolher música agradável, e deitar-se em local tranqüilo e iniciar a se tocar de forma lenta. É possível fazer tal ação no momento de banho, para as mulheres que se sentem mais confortáveis.

Tocar-se muito lentamente, com sensação de cada região corporal feminina, sem culpar-se ou sentir vergonha. Reparar que uma região é macia, a outra se apresenta musculosa, e outra com aspereza.

Buscar perceber os pontos angulosos, sensação da curva corporal e então permitir que as próprias mãos deslizem à região interna de coxas aos órgãos genitais.

Seguir muito lentamente, deixar que os próprios dedos percorram os pelos pubianos, notar suas texturas, tocar a pele de maciez de grandes lábios e a região úmida referente aos pequenos lábios.

Então, observar se é capaz de sentir o clitóris, se positivo, o tocar com suavidade, percorrendo a borda exterior da própria vagina.

Ter atenção com sensações que os toques oferecem, e observar qual o mais agradável e qual disparará excitação.

Após se tocar usando as mãos é possível vivenciar as sensações do vibrador. Não há necessidade do vibrador na forma de pênis.

Atualmente são encontrados muitos tipos de vibradores, em formas modernas, texturas e cores diversas.

Usando dele, a mulher deve se tocar em muitas regiões corporais, com percepção de onde sente maior prazer.

Desta forma, a mesma consegue se masturbar. Uma enorme parte de mulheres é capaz de alcançar o orgasmo de modo mais fácil ao se tocar.

A razão é que está mais livre para se curtir. Ao conhecer o próprio corpo há maior facilidade de direcionar o parceiro.

A ação de se tocar, de modo íntimo, se caracteriza bastante saudável e não substitui, de maneira alguma, o parceiro no relacionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *